Ao desenvolver competências, TCC pode dar um impulso na carreira

Ao desenvolver competências, TCC pode dar um impulso na carreira

SÃO PAULO – O mercado de trabalho está, sim, cada vez mais competitivo. Profissionais com experiência, com cursos de especialização, MBAs, línguas, vivência internacional, trabalho voluntário, mestrado profissionalizante… Percebe-se, então, que a carreira deve começar o mais cedo possível e, por que não ainda na faculdade, desenvolvendo um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) que pode diferenciá-lo lá na frente?

De acordo com o diretor-geral da Trabalhando.com, Renato Grinberg, o TCC pode ajudar de diferentes formas, mas é mais interessante desenvolver um tema que tenha aplicabilidade no mundo profissional. A professora doutora da PUC-SP, Nena Gerusa Cei, também recomenda que o tema escolhido “esteja adequado ao ramo que se pretende trabalhar”.

Mas, na prática, como esse trabalho, normalmente feito no último ano da faculdade, pode ajudar o profissional? Grinberg explica que o TCC permite que o estudante desenvolva diversas competências. “No TCC a pessoa trabalha com diversos fatores, como o trabalho em grupo, a pesquisa, o dead line, o trabalho sob pressão”, diz Grinberg, ressaltando que são elementos valorizados por todas as empresas.

O diferencial
Essas competências serão um diferencial, sobretudo para aqueles que não têm experiência profissional. Tendo se dedicado ao TCC o estudante consegue falar em uma entrevista de emprego sobre as competências que desenvolveu durante o projeto, os desafios que enfrentou e como lidou com eles, e o que aprendeu com o tema.

Para os que já estão no mercado de trabalho, o aproveitamento pode ser ainda maior. Grinberg sugere que o tema do TCC seja baseado em algum problema da área de atuação, no sentido de encontrar uma resposta ou solução. “É interessante optar por um estudo de caso concreto, que ele queira solucionar”, concorda Nena.

Mas não esqueça que o assunto do TCC deve ser atraente para o aluno. “É muito difícil fazer um bom trabalho se o estudante não tiver interesse no assunto”, observa Nena. Outra recomendação é apresentar a ideia que pretende desenvolver para algum profissional com mais experiência, como o gestor da sua área, por exemplo. Ele pode, inclusive, mostrar um caminho que você não havia pensado, algo ainda mais interessante.

Nena ainda ressalta que o TCC ajuda os estudantes a se aprofundar em um determinado assunto, e é exatamente por isso que se deve escolher um tema relacionado a sua área de atuação. Na prática, se um aluno de administração que optou por seguir na área de supply chain, ao desenvolver um TCC baseado em uma questão desse segmento, estará complementando sua formação.

Dependendo do estudo de caso e dos resultados, a própria empresa pode querer utilizar a pesquisa. Caso tenha descoberto algum padrão interessante no comportamento dos consumidores, e isso de alguma forma possa influenciar uma ação de marketing, as empresas podem valorizar a produção do aluno.

Na maioria das áreas essa lógica se aplica. É possível discutir no TCC a parte tributária da empresa em que atua, ou mesmo a criação de um pequeno negócio, e, de fato, criá-lo. Porém, para qualquer caso, é importante, antes de escolher o tema, se certificar que terá acesso aos dados que pretende manipular, sejam informações específicas, fontes que possa falar sobre o tema, dados ou documentos.

Grinberg finaliza afirmando que os estudantes não precisam ficar tão preocupados com um tema absolutamente genial ou que se propõe a solucionar uma questão de um milhão de dólares. O mais importante serão as competências desenvolvidas ao longo da pesquisa, que são aplicáveis a qualquer tipo de emprego e valorizadas por todos empregadores. O empenho, a dedicação, a pesquisa, a busca por dados e o trabalho em equipe, por exemplo.

Ainda não temos Comentários ! Que tal enviar o seu agora ?

DEIXE UMA COMENTÁRIO, DICAS, SUGESTÕES OU DÚVIDAS !! – TEMOS O PRAZER EM AJUDAR !